Lê aí...
Futebol, Opinião

Flamengo x Corinthians: Gigante com medo de Gigante


“Papudimaluco” recebe a colaboração do maluconauta Anderson Borges. Nosso amigo rubro-negro conseguiu conter a euforia e fez um interessante relato sobre a partida de ontem e a expectativa para o Mengão nas próximas fases da Libertadores.

“Lembro de quando era criança que me “agigantava” em uma iminente briga quando percebia que o outro estava com medo de mim. Fazendo um paralelo com o futebol, não vejo muita diferença, tendo em vista um time perceber que o outro está com medo e partir para o ataque, transformando o jogo em ataque contra defesa. E foi o que vimos ontem no primeiro tempo do jogo.

Mas, se tratando de Flamengo, como torcedor que perde o sono quando vê o Mengão perder, acho inadmissível vê-lo jogando como time pequeno, como se fosse Davi enfrentando Golias. Sendo que, se tratando de Flamengo e Corinthians, é jogo que representa Golias x Golias, ou seja, gigante x gigante.

Além do mais, não acredito nessa tática de jogar com o regulamento debaixo do braço; pra mim isso é “brincar” de roleta russa, que a qualquer momento o tiro (gol) sai e já era, ou seja, não recupera mais; foi o que quase aconteceu no fim do jogo na falta que Bruno defendeu. A vantagem conseguida no maracanã só deveria ser lembrada e usada próximo ao fim da partida, depois de buscar fazer o resultado. Lógico, com cautela, porque quem precisava se desesperar era o adversário.

Em suma, Flamengo é gigante e não pode ter medo de outro gigante, seja brasileiro, argentino ou qualquer outro que surja em nosso caminho, tem que jogar pra cima, na busca do resultado, como se o iniciasse o jogo perdendo por 1 x 0.

 Para concluir, acredito que o título possa vir, mas se jogar um pouco mais e com mais raça do que jogou o segundo tempo. Mas se continuar jogando como no primeiro, temos que torcer para ficarmos no máximo em 4º lugar no brasileirão e tentar de novo no ano que vem.”

Por Anderson Borges

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “Flamengo x Corinthians: Gigante com medo de Gigante

  1. Anderson, isso é natural do Flamenguista. Nós somos assim mesmo.

    Lembro da 1a. partida, quando mesmo jogando dentro de casa, o empate passava a ser um bom resultado, já que o Michael foi expulso. Tivemos que jogar com muita cautela, diria até recuado. No fim, vencemos por 1 a 0 e foi um ótimo resultado.

    O curioso foi que achei estranho torcer naquele dia. Esse negócio de cautela, pô! Sai fora! A torcida do Flamengo gosta do time jogando pra frente, embalado e buscando o gol… na pressão!

    Vamos ver como vai ser daqui pra frente. Estamos a 6 jogos de vencer a Libertadores. Tenho medo é dessa diretoria.

    Publicado por gabricarqueijo | 06/05/2010, 8:35 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Comentários da galera:

André Luiz em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
A fuga – Carta… em IAPI da Penha
Bonecas de soldados… em IAPI da Penha
sonia em IAPI da Penha
marilene oliveira em IAPI da Penha

É Papuditwitter !!!!

%d blogueiros gostam disto: