Lê aí...
Papudimaluca

PAPUDIMALUCA: Ração humana


Vocês já devem ter ouvido falar sobre a ração humana. Com essa novidade, vieram muitos mitos e verdades. Mas em que acreditar?

A revista Women’s Health desse mês veio com uma reportagem muito legal sobre essa novidade. E pensando em auxiliar nossos maluconautas, aqui vai uma resenha da matéria.

Muita gente associa a ração humana a uma estratégia de emagrecimento. Equívoco. A ração não é solução para emagrecer, mas uma mistura para que as pessoas comam alimentos mais nutritivos. Na quantidade correta, estimula a perda de peso, porque as fibras melhoram o trânsito intestinal e geram saciedade.

Não existe uma prescrição exata, embora os especialistas digam que os benefícios podem ser obtidos com duas colheres (sopa) ao dia – não ultrapassando 4 colheres. Há várias maneiras de consumir a ração humana: 1- misturada com água, sucos, iogurte ou leite desnatado; 2 – batida com shakes ou vitaminas; 3 – salpicada sobre salada de frutas ou sobre a salada normal, se não tiver açúcar; 4 – misturada a massas de tortas ou pães. É recomendável a ingestão de grande quantidade de líquidos. Do contrário, pode haver aumento do tempo do trânsito intestinal e piora nos sintomas da constipação.

Cuidados com o consumo:

– Quem tem diabetes deve evitar a ração porque as receitas costumam conter um alto teor de carboidrato e até açúcares.

Existem no mercado as versões normal e light.

– Aração é vetada para celíacos (quem não tem tolerância a glúten), pois contém glúten e cevada.

– Pessoas cardíacas devem ficar atentas à presença de guaraná em pó, que aumenta a pressão arterial.

Já existem muitas marcas de ração humana no mercado. Mas, se você é adepta a colocar a mão na massa, aí vai uma receita indicada pelo endocrinologista e nutrólogo João César Castro Soares, da Unifesp:

250 g de fibra de trigo

125 g de leite de soja em pó

125 g de linhaça marrom

100 g de aveia em flocos

100 g de gergelim

75 g de gérmen de trigo

50 g de gelatina sem sabor

25 g de guaraná em pó

25 g de levedo de cerveja

25 g de cacau em pó

Essa receita rende 900 g e, se bem vedada, dura até 15 dias na geladeira.

Fica a dica do Papudimaluca aí. Mas cuidado com a ingestão desordenada desses alimentos. O ideal é que, se você tem alguma dúvida sobre o consumo da ração humana, procure seu médico.

—————

Por Ana Paula

Anúncios

Discussão

6 comentários sobre “PAPUDIMALUCA: Ração humana

  1. Aqui em casa já rolou esse treco no cardápio da patroa… Não sei como vcs conseguem.

    Ah! E o mais engraçado é que vcs se submetem a esse tipo de dieta. Trocam uma boa refeição por uma ração (literalmente! rs). Daí, passam por uma bomboniere e pedem uma torta de chocolate com nozes… hahahaha!

    Publicado por gabricarqueijo | 30/05/2010, 3:44 pm
  2. Pois é, a primeira vez q ouvi sobre isso tb foi com a patroa. O diálogo foi mais ou menos assim:

    Eu: O que é isso q vc ta tomando?

    Ela: Ração!

    Eu: Hã?

    Ela: Ração, Leandro! (com aquele ar de ser a coisa mais natural do mundo)

    Eu: Entendi… (e fiz aquela cara de paisagem de quem não entendeu porra nenhuma!)

    hahahaha!

    Publicado por leonogueira | 30/05/2010, 5:46 pm
  3. Excelente Post!

    Acho que estou precisando de ração!rs

    Publicado por Gustavo | 31/05/2010, 11:35 pm
  4. ECA!!! Prefiro a academia a ter que comer uma colher deste treco!

    Publicado por Susi | 01/06/2010, 2:18 pm
  5. Reclamam que eu corro muito… Não sabem de onde tiro tanta disposição… A disposição vem exatamente de poder comer todas as porcarias do planeta sem medo algum!!!!

    Fora ração! Dá- lhe picanha! kakakaka

    Amanhã é feriado, hoje é quarta de futebol… Então vamos molhar a palavra!!!!!

    Sds

    ps – mesmo assim um bom Post!

    Publicado por SILVA | 02/06/2010, 2:39 pm
  6. eu tomo numa boa, na vitamina de manhã…me faz resistir ao pãozinho com manteiga do trabalho…

    Quando quero perder rápido, faço isso no jantar tb. Não vejo problema, desde que o almoço seja uma boa refeição (saudável).

    Publicado por Li. | 03/06/2010, 3:02 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Comentários da galera:

André Luiz em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
A fuga – Carta… em IAPI da Penha
Bonecas de soldados… em IAPI da Penha
sonia em IAPI da Penha
marilene oliveira em IAPI da Penha

É Papuditwitter !!!!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: