Lê aí...
Comportamento, Opinião

Amor de Pai


“Papudimaluco” recebe hoje a crônica do amigo Marcos André. Marcos tomou conhecimento do nosso blog através da indicação de um amigo. E já mandou um texto!

Mande o seu também!

—————

Amor de PAI, isso mesmo, de PAI!!

Hoje sou pai de um rapazinho de 3 anos chamado Miguel (Também conhecido como “Volpininho do Rock Bola”) e desde moleque, nunca entendi muito bem esse negócio de “Amor de Mãe”, por que não também “Amor de Pai”, ou “Amor de Pai e Mãe”?

Eu sei que é ela que nos carrega na barriga durante 9 meses, ela que enjoa, ela que vomita, passa mal, fica tonta, etc. Porém acho que nós homens somos meio injustiçados nisso aí. Eu sei que tem muito pai por aí que não vale absolutamente nada, mas se observamos bem, tem muita mãe também que vale menos ainda, e não tô escrevendo isso só porque sou homem e sou pai não, afinal, também sou filho e amo muito minha mãe. Só que, quando moleque, sempre tive meu pai como um herói, sempre tive meu pai como “o cara” e ele era…

Era porque foi da vontade de Deus que ele se fosse há 11 anos, mas aquele ali era bom! Foi e sempre será o meu melhor e inigualável amigo. Hoje tenho 27 anos e tento ser para o pequeno Miguel, 1/3 da metade do que ele foi pra mim. Eu posso afirmar categoricamente que sou capaz de qualquer coisa pelo meu filho! Qualquer coisa mesmo! Há algum tempo atrás, vi um filme chamado “A Procura da Felicidade”, um filme que conta sobre um pai solteiro e falido, e sua vontade de vencer pra dar ao seu filho uma vida melhor. O Filme baseia-se numa história real e eu me identifiquei muito com ele, não que eu seja, ou esteja falido, mas confesso que não trabalho no emprego dos meus sonhos, não ganho o melhor salário do mundo e já tive que abrir mão de muita coisa por ele. Arrependimento? NEGATIVO! NUNCA! JAMAIS! Faria tudo de novo e quantas vezes fosse preciso!

Então vivendo, aprendendo e observando, percebi que nós homens somos meio “esquecidos” quando o assunto é amor e refere-se à filhos, tenho certeza de que, assim como eu, muitos pais são capazes de tudo por seus filhos, (em alguns casos, mais até do que as mães, à exemplo disso, minha estimada esposa, que não teve coragem de expulsar uma barata que pousou próximo ao rosto do nosso primogênito recentemente, ao ouvir o grito, tive que sair correndo do banho para socorre-los, ou até mesmo meu pai, que, uma vez, quando eu tinha 3 anos, foi o único que viu eu cair e quase me afogar na piscina de um clube onde estávamos).

E você que está aí lendo isso agora pode ser um desses pais, ou filho de um desses pais e vai entender muito bem o quero dizer com esse meu “desabafo”. Agora, se não for, ou até mesmo se você tiver seu pai como um belo “fdp”, tente ao menos entender o nosso lado, porque, assim como para a mãe, a maior emoção da vida de um homem é ver seu filho vir ao mundo, lindo como só ele imaginava e ainda mais se for parecido com ele! rsrs. Aí é que ele se entrega mesmo. Bem. é isso !!!

De um pai que ama seu filho, acima de qualquer coisa !!!

Por Marcos André

 

Anúncios

Sobre Gabriel Carqueijo

Contador, 29 anos, Flamenguista e Portelense, pai, marido, filho, irmão e amigo.

Discussão

7 comentários sobre “Amor de Pai

  1. Lindo!

    Pai é pai! 🙂

    Saudades!

    Publicado por Viviane | 29/06/2010, 1:38 pm
  2. Belo texto…

    Valeu André !!!

    Publicado por Rogerio | 29/06/2010, 2:40 pm
  3. Show de bola! Valeu!

    Publicado por gabricarqueijo | 29/06/2010, 10:13 pm
  4. Eu tenho mais que um pai, tenho um amigo!

    Arrego Maluco!

    Publicado por Gustavo | 30/06/2010, 10:17 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Comentários da galera:

André Luiz em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
Gilberto rua 18 em IAPI da Penha
A fuga – Carta… em IAPI da Penha
Bonecas de soldados… em IAPI da Penha
sonia em IAPI da Penha
marilene oliveira em IAPI da Penha

É Papuditwitter !!!!

%d blogueiros gostam disto: